Prefeitura de SP vai decretar situação de emergência para a dengue na cidade nesta segunda-feira

Jornal da Notícia

images

A Prefeitura de São Paulo vai decretar nesta segunda-feira (18) situação de emergência na cidade em virtude da alta dos casos de dengue.

O prefeito Ricardo Nunes (MDB) deve assinar o decreto de emergência no início de manhã

Segundo a Secretaria Municipal da Saúde, a cidade já tem registrado 49.721 casos confirmados da doença e ao menos 11 óbitos.

A incidência de casos da doença chegou neste domingo (18) a 414 por grupo de 100 mil habitantes, de acordo com a pasta.

O decreto de emergência da capital acontece menos de 15 dias depois que o estado de SP também declarou situação de emergência em virtude do avanço do aedes aegypti – mosquito transmissor da dengue.

Nesta segunda-feira (18) também começa a funcionar na capital paulista o horário estendido das 78 AMAs da cidade, que vão funcionar até 22h, em razão do avanço da epidemia de dengue.

A gestão Nunes também diz que 30 novos carros de nebulização (fumacê) contra o aedes aegypti devem começar a funcionar hoje de forma emergencial na cidade.

Segundo a prefeitura, cerca de R$ 240 milhões também foram liberados pelo prefeito para a contratação de 3.200 agentes do Programa Operação Trabalho (POT).

Os agentes percorrerão casas e locais públicos nas regiões das 32 subprefeitura em um trabalho de localização de focos do mosquito transmissor da dengue e também de conscientização.

Fonte: G1

0%