Cliente e bartender transam em balcão de bar e desafiam Putin

Entretenimento

Putin
Episódio ocorreu na cidade de Novosibirsk, provocando protesto de moradores

A promessa do presidente Vladimir Putin de reprimir festas consideradas sexuais na Rússia foi desafiada na cidade de Novosibirsk (Rússia), quando uma bartender fez sexo com um cliente na frente de outros frequentadores do Nebar Bar, na semana passada.

O caso repercutiu nas redes sociais, levando muitos moradores da região a pedir o fechamento do estabelecimento.

Imagens da noite no Nebar mostraram, ainda, pessoas seminuas circulando pelo bar e um outro casal fazendo sexo no banheiro.

A empreitada moralista de Putin se tornou mais intensa depois que circularam imagens de uma festa que reuniu vários participantes seminus no clube Mutabor, em Moscou (Rússia), em dezembro.

Entre as frequentadoras da festa estava uma afilhada política do líder russo.

De acordo com a mídia local, a repressão acabou atiçando mais os adeptos das festas mais radicais.

Episódio Recorrente

Além do episódio explícito em Novosibirsk, na mesma semana o diretor de uma universidade foi flagrado em outra festa de “sexo selvagem”.

Ivan Nikraov, diretor da Faculdade de Jornalismo da Universidade Federal de Ural, acabou preso após a festa na cidade de Yekaterinburgo.

De acordo com o site de notícias “Moskovskij Komsomolets”, apoiado pelo Kremlin, alguns usuários do Telegram apelaram ao governo russo para “interromper a caça às bruxas” e cancelar a repressão.

Fotos: Page Not Found
Fonte: Page Not Found

Compartilhe:

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
0%