Artur, do Palmeiras, avalia saída para o Zenit

Placar 88

53349171598-dec4454f00-h
Clubes têm tratativas avançadas pela venda, mas atacante ainda define futuro e deve se reapresentar com elenco caso negociação não seja concluída nos próximos dias

Palmeiras e Zenit, da Rússia, estão com as tratativas avançadas pela venda de Artur, mas o negócio ainda não foi confirmado e depende da decisão do atacante. Artur estava de férias com a família no Ceará e não definiu se dará sequência à transferência.

Havia a expectativa de que a venda fosse fechada no fim da semana passada, só que a dúvida do atacante ainda mantém a negociação em aberto. Ele, inclusive, deve se reapresentar com o elenco alviverde no próximo dia 8 de janeiro caso as tratativas não sejam concluídas nos próximos dias.

A distância da família e o clima pesam como ponto negativo para o atleta, ao mesmo tempo em que o financeiro aparece como fator positivo, ainda que tenha um bom contrato com o Palmeiras.

No Verdão, ainda conta pela permanência a forma como foi recebido pela torcida alviverde e o tempo de contrato que ainda tem no clube, válido até fim de 2027.

O Verdão, por sua vez, aceitou a proposta de 15 milhões de euros (cerca de R$ 80 milhões), além de 3 milhões de euros (R$ 16 milhões) em bônus, pelo atacante.

A negociação é vista com bons olhos pelo clube por conta do retorno financeiro em relação ao investimento – o valor é o dobro dos 8 milhões de euros pagos pelo Palmeiras para tirar Artur do Bragantino, em abril.

Ainda que as tratativas ocorram desde novembro, o Zenit ainda tem tempo para finalizar o acordo, pois a janela de transferências na Rússia abre no dia 25 de janeiro e vai até 22 de fevereiro.

O atacante chegou para o time de Abel Ferreira em 2023 como titular, mas caiu de rendimento ao trocar de posição, saindo da ponta direita para a esquerda, para suprir a ausência do lesionado Dudu.

Artur fez 43 partidas no ano, marcou 10 gols e deu duas assistências ao longo da temporada, mas terminando a campanha do título brasileiro como reserva.

Fotos: Cesar Greco
Fonte: GE
0%