Rússia acusa Exército da Ucrânia de derrubar avião militar com míssil

Jornal da Notícia

fotografia-2-11-750x450
Acidente acontece nesta quarta-feira em Belgorod, perto da fronteira ucraniana e a aeronave explodiu ao cair; todos os passageiros morreram

Ministério da Defesa da Rússia acusou o Exército da Ucrânia de ter derrubado o avião de transporte militar Il-76 com um míssil antiaéreo disparado a partir da região nordeste de Kharkiv, na fronteira com a Rússia. A queda da aeronave acontece nesta quarta-feira, 24, em território russo com 74 ocupantes a bordo, incluindo 65 prisioneiros ucranianos, seis tripulantes e três soldados do Kremlin. O governo russo confirmou que todos os passageiros da aeronave morreram. “Por volta de 11h em Moscou (5h00 em Brasília), um avião Il-76 caiu na região de Belgorod (…) A bordo estavam 65 prisioneiros do Exército ucraniano, transferidos para a região de Belgorod para uma troca, seis tripulantes e três acompanhantes”, indicou o Ministério da Defesa da Rússia no Telegram.

A queda do avião aconteceu em Belgorod, perto da fronteira com a Ucrânia, e explodiu ao cair. A nota militar especifica que o avião também transportava seis tripulantes e três soldados russos. Autoridades locais estão investigando o acidente e uma comissão militar especial está a caminho do local da queda da aeronave. O presidente da Câmara de Oryol, na Rússia, informou que vários drones foram abatidos sobre a cidade, mas não houve registro de vítimas.

 

Fotos: Reprodução / Twitter @igorsushko
Fonte: Jovem Pan
0%