Polícia Civil perde 20% do efetivo em seis anos na região de Campinas

Jornal da Notícia

deinter

A Polícia Civil perdeu 20,2%, ou seja, 1 de cada 5 policiais na ativa entre 2018 e 2024 na região de Campinas. É o que mostra um levantamento feito  por meio da Lei de Acesso à Informação, que considera o soma de delegados, investigadores, escrivães, agentes e papiloscopistas.

Segundo dados do Departamento de Polícia Judiciária do Interior 2 (Deinter-2), que engloba a região de Campinas, as delegacias perderam 265 policiais nos últimos seis anos. Essa perda de efetivo se deu por conta de aposentadorias e exonerações que não tiveram reposição por concurso público.

A queda de 265 policiais, no entanto, não representa o déficit total, já que em 2018 o número já estava defasado. Segundo o Sindicato dos policiais civis da Região de Campinas (Sindpol Campinas), esse é um problema que se arrasta há duas décadas.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP-SP) reconheceu que existe um déficit de 34,6% no estado, mas afirmou que está empenhada reverter essa situação e que, atualmente, estão em andamento concursos para preenchimento de mais de 14,7 mil vagas na corporação.

 

Fonte: G1

0%