PF faz operação contra exploração sexual infantil e prende professor do ensino público em flagrante

Jornal da Notícia

PF

A Polícia Federal (PF) faz, na manhã desta quinta-feira (18), uma operação contra exploração sexual e pornografia infantil, um professor foi preso em flagrante em Campinas (SP) por posse de material com conteúdo ilícito relacionado a crianças e adolescentes.

No total, são cumpridos três mandados de busca e apreensão em Campinas, Vargem Grande do Sul (SP), e São João da Boa Vista (SP). A operação recebeu o nome de “Escudo da Inocência”.

Além do professor de Campinas, que mora no bairro Jardim Lisa, outro investigado foi preso em flagrante em São João da Boa Vista também por posse de material com pornografia infantil. O material apreendido e os detidos serão encaminhados à Delegacia da Polícia Federal na metrópole.

Ainda segundo a Polícia Federal, foi constatado, durante a investigação, além da posse e compartilhamento dos arquivos, “indícios” de possível abuso sexual infanto-juvenil por parte do investigado que mora em Vargem Grande do Sul. Ainda não há detalhes sobre a vítima e nem se a suspeita foi confirmada.

De acordo com a PF, a investigação começou a partir de análises e rastreamento de material com conteúdo sexual infantil produzido “potencialmente na região de Campinas”.

Os suspeitos vão responder por estupro de vulnerável e produção, armazenamento e divulgação de material ilícito envolvendo crianças e adolescentes.

Fonte: G1

0%