Peritos do RS utilizam DNA e arcada dentária para identificar vítimas de enchentes

Jornal da Notícia

ENCEHNTES

O IGP/RS (Instituto-Geral de Perícias do Rio Grande do Sul) usa os avanços tecnológicos com técnicas científicas, como o exame de DNA, para agilizar o processo de identificação de vítimas das enchentes na região. Segundo a instituição, os corpos encontrados são enviados para os Postos Médicos Legais espalhados em todo o estado ou para um DML (Departamento Médico-Legal). Até esse sábado (25), 165 pessoas perderam a vida na maior tragédia ambiental da região.

 

 

Fonte: R7

 

0%