Obras do novo Paço da Prefeitura Municipal de Hortolândia está 80% concluída

Jornal da Notícia

Obras-50-pc-Novo-Paco-29-Jun-17-scaled

A obra de construção do novo Paço Municipal de Hortolândia já está 80% concluída. De acordo com a Secretaria de Obras, agora, as ações estão mais intensificadas no acabamento das estruturas internas, principalmente fiações, quadros elétricos além da impermeabilização, instalação de dutos de ar, piso, revestimento e instalações hidráulicas. No ano passado, foi finalizada a instalação de esquadrias de vidros e janelas na fachada, tanto para o lado do Corredor Metropolitano quanto para o lado da Avenida Sabina Baptista de Camargo.

Obras do Novo Paço Municipal da Prefeitura de Hortolândia

Segundo a Secretaria de Planejamento Urbano e Gestão Estratégica, parte da usina fotovoltaica implantada no prédio segue funcionando. O dispositivo já gera economia ao município.  A usina produzirá energia suficiente para abastecer o novo Paço. A produção excedente será transmitida à rede elétrica da CPFL para compensações futuras. A usina proporcionará redução da conta de energia, gerando economia para o município. A construção da usina é realizada com recursos da CIP (Contribuição de Iluminação Pública).

O imóvel terá aproximadamente 10 mil metros quadrados de área construída e, no espaço remanescente, haverá jardins e estacionamento. O projeto prevê ainda que o prédio tenha cisternas para armazenamento de águas da chuva, que serão utilizadas tanto na manutenção dos jardins quanto na limpeza do próprio Paço.

NOVO PAÇO

O Novo Paço é erguido em terreno de 60 mil metros quadrados, próximo ao do Corredor Metropolitano e nas imediações da Ponte da Esperança. A Ordem de Serviços para o início da obra foi assinada em 29 de junho de 2022. A terraplenagem começou em julho de 2022. Em seguida, veio a etapa das fundações e de implantação das colunas. A futura sede do Poder Executivo abrigará todas as secretarias e órgãos municipais de atendimento ao público que atualmente ocupam imóveis alugados.

Como o prédio será construído com estruturas pré-fabricadas, a Secretaria de Planejamento Urbano e Gestão Estratégica prevê maior confiabilidade no cumprimento do cronograma. “Com essa estratégia, pretendemos reduzir e eliminar custos indiretos, desperdício de material e ociosidade de pessoal. Em resumo, a obra fica mais rápida e sem surpresas no orçamento final”, esclarece o secretário da Pasta, Carlos Roberto Prataviera Júnior.

 

 

0%