No Dia Mundial do Meio Ambiente, Santa Bárbara realiza plantio de 100 árvores

Jornal da Notícia

plantio dia do meio ambiente 04 imprensa

Como parte da programação do Mês do Meio Ambiente, o Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado nesta quarta-feira (5), contou com plantio de 100 mudas de árvores nativas e exóticas. A ação foi realizada no Parque Linear, no Planalto do Sol, em Santa Bárbara d’Oeste – por colaboradores da empresa TRBR Brasil e equipes da Prefeitura. Diferentemente dos plantios já efetuados no Parque que visava a restauração das margens do Córrego Mollon, o plantio visou o paisagismo local, o futuro sombreamento das áreas de uso público e também a disponibilidade de alimento para a fauna silvestre.

Comemoração Dia do Meio Ambiente em Santa Bárbara

As mudas foram plantadas junto aos equipamentos públicos que estão sendo instalados no espaço. Desta forma, algumas espécies nativas que fornecem frutos para essa fauna foram plantadas, com destaque para a pitangueira (Eugenia uniflora), a uvaia (Eugenia pyriformis) e a canelinha (Nectandra megapotamica), além de algumas espécies exóticas, como a romã (Punica granatum) e a amoreira (Morus nigra).

As demais espécies plantadas têm apelo ornamental e são adequadas a arborização de parques e jardins, como as nativas ipê-rosa (Handroanthus impetiginosum), ipê-branco (Tabebuia roseoalba), quaresmeira (Pleroma granulosum), tamboril (Enterolobium contortisiliquum) e a canafístula (Peltophorum dubium), além das exóticas resedá (Lagestroemia indica) e palmeira-rabo-de-peixe (Caryota urens).

Ainda nesta quarta-feira (5), às 19 horas, no Centro de Estudo e Cultura Ambiental (Avenida Sábato Ronsini, 951, Parque Araçariguama) ocorrerá a palestra “Resiliência Hídrica em Santa Bárbara d’Oeste” pelo biólogo do DAE de Santa Bárbara d’Oeste, Felipe Augusto Gasparotto. A palestra apresentará e discutirá a questão da resiliência hídrica no Município em função das mudanças climáticas.

Mês do Meio Ambiente

Realizada por meio da Secretaria de Meio Ambiente e do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Comdema), a agenda ambiental segue até dia 30 deste mês, promovendo uma programação diversa à população voltada à sustentabilidade e a educação ambiental. Todas as informações e fichas de inscrições estão disponíveis no site www.comdemasbo.net

Neste sábado (8) acontecerá a 2ª Cãominhada do “Mês do Meio Ambiente”, em parceria com o Santa Bárbara Mall. A concentração ocorrerá no espaço pet do Parque Araçariguama, no Jardim Itamaraty, às 8 horas, com previsão de saída em direção ao Santa Bárbara Mall às 8h30. No espaço do Santa Bárbara Mall, haverá brinquedos para as crianças, food trucks, apresentação do treinamento do canil da Guarda Civil Municipal, avaliação física e clínica dos animais pelos estudantes do último ano de Medicina Veterinária da FAM (Faculdade de Americana), cadastro para microchipagem e castração, dentre outras atividades.

O ponto alto do evento é a participação do Dr. Pet, o Dr. Alexandre Rossi, que realizará uma palestra para os presentes. As inscrições para a “Cãominhada” também são limitadas para no máximo 200 pessoas. A organização define a necessidade de doação de 2 kg de ração (cães e/ou gatos) para validar a inscrição. Porém, o espaço do Mall é aberto demais para interessados.

Como parte da programação, nos sábados, dias 15 e 22 de junho, ocorrerá o 2º Circuito Ecológico do Mês do Meio Ambiente. Com sua primeira edição ocorrida no ano de 2023, o Circuito Ecológico visa proporcionar a oportunidade de conhecer estruturas e serviços ambientais prestados na cidade. Tratam-se de locais cujo acesso é restrito, seja por questão de segurança, por questão ambiental ou por questões simplesmente administrativa. Porém são locais interessantes, os quais muitos barbarenses já ouviram falar, mas nunca tiveram a oportunidade de visitar.

Desta forma, o Circuito Ecológico tem por objetivo proporcionar essa vivência ao cidadão comum, permitindo que ele tenha acesso ao mesmo conhecimento normalmente restrito a uma parcela da população. Esse ano o circuito inclui visita monitorada ao Museu da Água, à Represa São Luiz, ao Horto de Plantas Medicinais no Cruzeiro do Sul e ao Centro Ecológico de Santa Bárbara (CESB). Também possui inscrições limitadas (40 vagas por dia). O Circuito define a doação de 2 kg de alimentos perecíveis para validar a inscrição.

O Mês do Meio Ambiente contará ainda com um ciclo de palestras que tratam de diversos assuntos de interesse ambiental, conforme lista abaixo. Abertas ao público e sem necessidade de inscrições prévias, as palestras ocorrerão todas entre 19 e 21 horas, no Centro de Estudo e Cultura Ambiental (Avenida Sábato Ronsini, 951, Jardim Itamaraty), com exceção da ação do dia 7 de junho.

As palestras serão: “Resiliência Hídrica em Santa Bárbara d’Oeste”, “Arborização Urbana em Santa Bárbara d’Oeste: Novos Horizontes e Desafios”, “Atuação do Profissional de Meio Ambiente no Serviço Público”, “Cadastro Ambiental Rural – CAR”, “Curso sobre Licenciamento Ambiental Municipal”, “Curso sobre Compostagem Orgânica Caseira”, “Mata Atlântica: Como esse bioma contribui para sua saúde?”, “Urbanização de áreas públicas e o projeto ‘QualiVida'” e “Biodiversidade de Aranha”. Mais detalhes no site www.comdemasbo.net. Para participar, a organização pede a doação voluntário de quilos de alimentos não perecíveis.

Por fim, o Mês do Meio Ambiente ainda terá, no dia 29 de junho, sábado, das 8 às 12 horas, um evento organizado pelo DAE (Departamento de Água e Esgoto) e a Caixa Econômica Federal, conhecido como “Dia D”. O evento ocorrerá na Praça “Dante Furlan”, no Jardim Esmeralda, visando disseminar conhecimentos e hábitos saudáveis na população.

Mais informações sobre o Mês do Meio Ambiente podem ser obtidas no site do Comdema (www.comdemasbo.net).

Fonte: Assessoria Comunicação Prefeitura Santa Bárbara

0%