Luciano Huck quer disputar eleições de 2026

Jornal da Notícia

Luciano Huck
Segundo o jornalista Ricardo Feltrin o apresentador da Globo vai disputar as eleições de 2026

Luciano Huck põe seu nome na mesa para disputar Presidência nas eleições de 2026.

Este jornalista apurou que o apresentador da Globo está decidido a tentar realizar os planos que tinha em 2022, mas desistiu.

Amigos próximos a ele confidenciaram a este site que até dentro da Globo ele já recebe apoio para dar início à empreitada.

Há um outro possível indicador para suas pretensões: seu contrato com a Globo termina no final de 2025.

Entendendo melhor a política

Até o final de 2025, segundo fontes ouvidas, Luciano Huck “vai tatear o território” político (expressão usada pela fonte) para avaliar a recepção ao seu nome.

Ele já foi citado como possível candidato em 2018 e 2022.

Caso se candidate, Huck entraria na disputa como mais um “outsider” político.

Exemplos de “outsiders” no mundo tivemos Donald Trump. No Brasil tivemos João Dória, Romeu Zema dentre outros.

Quase entrou na disputa

Luciano Grostein Huck, 52, chegou a ser cotado e cortejado por alguns partidos na última eleição, mas, na próxima, ele já tem postado “indiretamente” que estará na disputa.

Ele pretende se colocar como o candidato de centro.

Vídeo revelador

Em um vídeo “diferenciado”, postado no Instagram em abril, Huck faz um discurso político e aponta sua linha política como sendo “liberal”.

Diz ainda que é “ambidestro” (que escreve tanto com a mão direita como a esquerda).

Ele elogia a privatização, energia limpa, liberdade de expressão.

Afirma ser contra a “ditadura” e que “não se encaixa em nenhuma das caixinhas (ideológicas) que polarizam o Brasil atualmente.

“Quando a gente se fecha numa caixinha (seja direita ou esquerda) a gente se fecha também”.

Sem partido

Por enquanto Huck nem pode se declarar candidato, já que nem sequer está filiado a algum partido.

Cidadania, PSB e DEM são algumas agremiações políticas que já cortejaram o apresentador e empresário.

O DEM parece ser o que tem mais chances, caso ele de fato decida concorrer.

Fonte: Ricardo Feltrin
0%