Ipea diz que Brasil deve ter mais beneficiários que contribuintes da Previdência até 2060

Jornal da Notícia

INSS

O total de recebedores de aposentadoria, pensão por morte ou benefício de prestação continuada pode alcançar 66,4 milhões de pessoas em 2060, segundo estudo produzido pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada). Em 2022, o número de favorecidos era de 31,4 milhões. A projeção é de que o país deve ter mais beneficiados do que contribuintes em menos de 40 anos.

Segundo o estudo, o total de contribuintes da Previdência Social passaria de 61,8 milhões para 57,2 milhões em 2060. Como resultado, a relação atual de 1,97 contribuinte para cada beneficiário, estimada em 2022, cairia para 0,86 em 2060. Portanto, haveria mais beneficiários do que contribuintes.

 

Fonte: R7

0%