Governo já gastou quase R$ 2,5 milhões em operação para achar foragidos de Mossoró

Jornal da Notícia

FUGITIVOS

O governo federal já gastou cerca de R$ 2,5 milhões com a operação que busca os detentos Deibson Cabral Nascimento e Rogério da Silva Mendonça, que escaparam da penitenciária federal de segurança máxima de Mossoró (RN) em 14 de fevereiro. O valor foi obtido pela  via Lei de Acesso à Informação. Nesta quarta-feira (3), a fuga dos presos completa 50 dias.

O secretário nacional de Políticas Penais, André de Albuquerque Garcia, vai inspecionar as cinco penitenciárias federais no país. Até o momento, as visitas ocorreram em Mossoró (RN) – onde equipes buscam há 50 dias dois detentos que fugiram do local — e Brasília (DF). Faltam ainda os presídios que ficam em Campo Grande (MS), Catanduvas (PR) e Porto Velho (RO).

 

Fonte: R7

0%