Ex-deputado Campos Machado morre aos 84 anos

Jornal da Notícia

campos dois

Morreu neste sábado (6), aos 84 anos, o ex-deputado Antônio Carlos de Campos Machado. Em nota, a família informou que o parlamentar “lutou bravamente nos últimos dias contra um quadro grave de leucemia.

Campos Machado era advogado criminalista e foi deputado estadual de São Paulo por 8 mandatos consecutivos, entre 1987 e 2023. No ano passado, se filiou ao Partido Social Democrático (PSD).

Morre aos 84 Anos Campos Machado

Gilberto Kassab, dirigente do Partido Social Democrático (PSD) e secretário de Governo do Estado de São Paulo, lamentou no X (antigo Twitter) a morte do deputado.

“Perdemos não apenas um querido amigo, mas uma lenda da política paulista e brasileira. Campos Machado foi o grande líder da Assembleia Legislativa nas últimas décadas e a política paulista em especial perde muito com a sua partida”, disse.

Felicio Ramuth, vice-governador de São Paulo, também homenageou o ex-deputado nas redes sociais. “É com muita tristeza que recebemos hoje a notícia do falecimento do ex-deputado estadual Campos Machado, um grande nome da política que trabalhou muito em prol de SP e Brasil. Em todas minhas campanhas recebi o apoio dele e transmito meus sentimentos aos familiares e amigos”.

Veja a nota da família

“É com a alma partida que temos a dolorosa missão de informar e lamentar profundamente o falecimento, no início desta manhã, do nosso grande líder Campos Machado, que lutou bravamente nos últimos dias contra um quadro grave de leucemia.

Neste momento de grande dor, pedimos orações e boas vibrações à sua Família, aos incontáveis Amigos e aos milhares de correligionários e admiradores.

A sua extraordinária trajetória pessoal, na advocacia e na política, que marcou gerações, não será esquecida, ao contrário, servirá, de agora em diante, como luzeiro para todos que sonham com uma sociedade mais justa e fraterna.

Atendendo seu último desejo, vamos todos nos irmanar para levar adiante a nossa Frente Cidadã, em uma grande corrente de fé e de união, pois o legado de um dos maiores líderes político-partidários do país será, de agora em diante, nossa bandeira de luta!

Fonte: G1

0%