CIA, Mossad e Catar se reúnem para negociar libertação de reféns do Hamas

Jornal da Notícia

foguetes-sendo-lancados-de-gaza-em-direcao-a-israel-apos-fim-da-tregua-73243_800x450

Hoje, em Varsóvia, será tentado um novo acordo de troca de reféns por prisioneiros palestinos. O Hamas exige que Israel proclame um cessar-fogo antes das negociações.

Os americanos estarão representados pelo chefe da CIA, Bill Burns; os israelenses, pelo chefe do Mossad, David Barnea; e o Catar, que faz a ingtermediação, por seu primeiro-ministro, Mohammed bin Abdulrahman Al Thani.

As negociações foram reiniciadas semana passada em outra capital europeia, entre Israel e Catar, e evoluiram para o encontro marcado para hoje em Varsóvia. De pano de fundo, a pressão dos israelenses sobre o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, depois que o exército matou três reféns que escaparam do Hamas, em Gaza, na semana passada. Eles estavam sem camisas, seguravam um pano branco e um deles ainda pediu socorro em hebraico.

A presença de Burns no segundo encontro tem importância, porque foi ele quem conseguiu finalizar a libertação de mais de cem reféns, entre eles vários americanos, no mês passado.

 

Fotos: REUTERS/Amir Cohen
Fonte: BAND
0%