Acesso restrito, grades duplas, 2 mil PMs: Esplanada tem segurança reforçada para o 8 de janeiro

Jornal da Notícia

8 janeiro

Até o momento, setor de inteligência da polícia do DF não identificou ameaças; ataques completam um ano nesta segunda-feira (8).

O Ministério da Justiça e Segurança Pública, juntamente com o Governo do Distrito Federal (GDF), elaboraram um plano de segurança para o dia 8 de janeiro, em Brasília.

O documento define a atuação de cada órgão na data, que marca o primeiro ano do ataque às sedes dos Três Poderes.

O plano prevê, entre outras medidas, o fechamento parcial da Esplanada dos Ministérios durante as atividades em alusão à data no Congresso Nacional e no Supremo Tribunal Federal (STF).

O acesso à Praça dos Três Poderes será restrito. O planejamento é considerado “padrão” para grandes eventos. Integrantes da cúpula da Segurança do DF informaram, porém, que nada impede que esse protocolo possa ser alterado horas antes do evento, em caso de necessidade.

Até o momento, a inteligência da Secretaria da Segurança do DF não identificou ameaças ou elementos que possam ensejar algum ataque.

Grades duplas serão montadas e 2 mil policiais militares terão base em frente ao Ministério da Justiça, de prontidão para agir se for necessário. Além de 250 agentes da Força Nacional.

A ideia é que os PMs fiquem em frente ao Congresso caso algum ato com mais animosidade aconteça. A Cavalaria e o Batalhão de Operações Especiais (Bope) também ficarão de prontidão.

 

Fonte: CNN

0%