Modelo é banida de rede de lojas de informática

Entretenimento

banida
Após causar problemas, modelo foi abordada por policia em casa e ficou em choque

A modelo de plataforma adulta Layla Kelly foi banida de uma rede de lojas de informática em Wellington (Nova Zelândia) após ser filmada por uma amiga tirando a calcinha em uma das filiais.

Layla recebeu a visita de policiais à sua casa e, inicialmente, pensou se tratar de alguma tragédia que eles desejam comunicar.

“Eles tinham uma expressão muito severa e me disseram que precisavam conversar sobre algo sério. Minha mente estava bem acelerada. Pensei que alguém tivesse morrido”, disse ela, de acordo com o site “News.com“.

Mas logo ela percebeu que o assunto era outro.

Eles estavam ali por causa de vídeos feitos na loja, que se tornaram virais com mais de 15 milhões de visualizações.

“Eu estava tão confusa que apenas olhei fixamente para eles. Eu não conseguia entender o que tinha acontecido. A polícia estava na minha porta por causa de um vídeo? Não fazia sentido”, declarou a modelo, que também tem carreira de atriz pornô.

Nos vídeos, Layla tira a calcinha e diz que vai deixar na loja como uma “surpresa para os pais que trabalham duro”.

Ela explicou que isso “era apenas para ser uma piada engraçada” e garantiu que não deixou nenhuma peça íntima dentro da loja.

A modelo afirmou, ainda, estar com outra calcinha por baixo.

Fotos: Page Not Found
Fonte: Page Not Found
0%