Garrafa a R$ 90 mil: restaurante oferece a maior carta de águas do mundo

Entretenimento

a-aguas-do-lar-do-leiton-1706286143148_v2_900x506.jpg

Você teria coragem de pagar 17 mil euros (cerca de R$ 90 mil) por uma garrafa de água? Hoje em dia é comum harmonizar um prato com vinho ou cerveja, mas você já pensou escolher uma determinada garrafa de água de acordo com o que vai comer? Pode parecer um pouco extravagante, mas na Espanha tem gente que faz isso.

O Lar do Leitón, que fica na região da Galícia, é o restaurante que tem a maior carta de águas do mundo. Acredite se quiser, são mais de 160 opções.

Quem pensa que água tem o mesmo gosto em qualquer lugar do planeta, se engana. Quando abrimos a torneira em casa nem paramos para pensar de onde vem esse líquido precioso, não é mesmo? As águas que fazem parte desse cardápio tão especial vêm de nascentes, glaciares, icebergs e até mesmo da neblina.

A seleção é tão extensa que no cardápio tem garrafas de mais de 30 países; uma viagem que vai de nações europeias e latinas até países do Oriente Médio. Essa lista foi certificada pela FineWaters, uma associação americana que dá cursos e certifica hidrosommelliers, os entendidos de água.

  • “Geralmente um restaurante só oferece uma opção de água, então a gente percebeu que poderia fazer algo diferente. Quando abrimos há 17 anos, começamos só com 20 tipos e os clientes gostaram. Tem gente que já virou até colecionista por nossa causa, explica Carlos Alberto Crespo Lorenzo, proprietário do restaurante galego.”

Obras de arte
Além dos sabores diferentes, o preço das águas varia bastante dependendo da garrafa. Algumas chegam a ser quase uma obra de arte e poderiam facilmente virar peça decorativa.

Como é o caso de uma garrafa de vidro que tem forma de falcão. Essa relíquia que tem quase 1 litro vem do Irã, de uma localidade a 40 quilômetros de Persépolis, e custa 360 euros (cerca de R$ 1921).

A garrafa de água mais cara desse restaurante é japonesa e custa a exorbitante quantia de 17.500 euros (cerca de R$ 93 mil). O precioso líquido vem dos pés do monte Nunobiki, que fica em Kobe. A água é filtrada com granito e tem uma grande quantidade de cálcio.

 

Fotos: UOL
Fonte: UOL
0%