Bia Haddad é eleita Mulher do Ano por revista e afirma: “Quero ser mãe”

Entretenimento

Bia-haddad-maia-wta-elite-trophy-e1698677750935

O ano de 2023 foi vitorioso para a tenista brasileira Bia Haddad Maia. Em novembro, conquistou o maior título da carreira até aqui, um troféu do WTA Elite Trophy, na China, em simples e duplas.

Atualmente é a 11ª colocada no ranking mundial da Women’s Tennis Association (WTA), além de ser a segunda atleta brasileira com mais títulos de simples na história do tênis. Nesta terça-feira (5), Bia Haddad também foi eleita a mulher do ano pela revista QG Brasil.

Em junho deste ano, foi semifinalista de Roland Garros, um dos principais torneios de tênis do mundo. Nenhuma tenista brasileira havia conseguido chegar à semifinal de um Grand Slam (os quatro eventos mais importantes de tênis do mundo) desde 1968, quando Maria Esther Bueno havia sido eliminada do US Open nas semis.

No mesmo mês, Bia Haddad foi a primeira brasileira a estar no top 10 no ranking da WTA. Em entrevista à revista QG Brasil, Bia Haddad, de 27 anos de idade, falou sobre a lenda do tênis brasileiro, Maria Ester Bueno.

“Ainda vivemos em um mundo machista. Maria Esther fez parte de uma geração que lutou por isso e pelo prêmio em dinheiro. Respeito e valorizo. Com certeza, não me coloco na mesma página”, afirmou.

A atleta falou também sobre o desejo de ser mãe: “Quero ser mãe. Por isso, planejo competir mais uma década. A maternidade é um sonho e afeta diretamente a decisão da aposentadoria”.

Conquistas Bia Haddad Maia

  • 10ª jogadora no ranking mundial (2023)
  • Semifinalista Roland Garros (2023)
  • Oitavas de final de Wimbledon (2023)
  • WTA Elite Trophy, na China, em simples e duplas (2023)
  • 3 torneios de simples em WTA e 6 em duplas
Fotos: CNN Brasil
Fonte: CNN Brasil
0%