Medina faz maior combinação do dia no ISA Games

Placar 88

gabriel-medina-durante-etapa-de-pipeline-da-wsl-1707256005530_v2_450x450
Filipe Toledo também avança na repescagem e Luana Silva deixa a competição; Tati Weston-Webb e Tainá Hinckel entram na água no Round 4

No sexto dia de competições no ISA Games, Gabriel Medina avançou com o maior somatório no masculino. O brasileiro venceu a primeira bateria do round 4 com a maior nota do dia (8.67) até então. Yago Dora também entrou na água mas não se deu tão bem. Ele não conseguiu um bom somatório e terminou a bateria em terceiro lugar, caindo para a repescagem.

O tricampeão do mundo mostrou o surfe que tem no pé. Com duas ondas excelentes, ele conseguiu o maior somatório do dia e o maior do masculino. Medina abriu a bateria já com notão, fazendo 8.67. As outras notas durante a bateria não foram boas, mas sua última onda garantiu o brasileiro no topo com um 8.27. Na mesma bateria, o americano Barron Mamiya foi para a repescagem. Com esse resultado, somente o Brasil e a França ficam com todos os seus representantes ainda na competição.

O segundo brasileiro que ainda se mantinha na chave principal não garantiu um resultado suficiente para avançar. Yago Dora arriscou bastante, apesar de completar um aéreo, não foi completo nem alto o suficiente para uma nota excelente. Os jurados deram apenas 6.07 para a onda do brasileiro, que não desistiu durante a bateria. O somatório do brasileiro ficou em 10.90, enquanto o peruano Alonso Correa liderou com 13 pontos e o espanhol Andy Criere ficou em segundo com 11.20.

Disputando a repescagem, Filipe Toledo venceu sua bateria e também avançou no ISA Games. O brasileiro saiu atrás, mas conseguiu as duas maiores notas da disputa e terminou na liderança. O australiano Morgan Cibilic e o barbadense Joshua Burke deixam a competição.

Outra brasileira disputando a repescagem é a Luana Silva, que avançou na primeira bateria em segundo lugar. A primeira colocada da disputa foi a israelense Anat Lelior. A brasileira não conseguiu avançar na segunda bateria disputada no dia 6 da competição. Luana não teve nota o suficiente, ficou em último na repescagem 5 e se despediu do ISA Games. Ela foi a primeira atleta brasileira a ser eliminada nas águas de Porto Rico.

O ISA dá ao Brasil a chance de conquistar vagas olímpicas no masculino e no feminino. Se vencer a competição por equipe entre os homens, Yago ou Medina fica com uma vaga extra, se juntando aos já classificados Filipe Toledo e João Chianca. No feminino, Tainá busca vaga individual – precisa ficar entre as oito primeiras elegíveis. A vitória por equipe no feminino também garantirá uma outra vaga – Tatiana Weston-Webb já está classificada.

Fotos: GOOGLE
Fonte: GE
0%