Guardiola reclama de novo Mundial de Clubes: “Temos que nos adaptar”

Placar 88

2.54912682
Técnico do Manchester City lamenta que o calendário do futebol reserve cada vez menos tempo para recuperação dos jogadores

Na primeira entrevista coletiva após a chegada do Manchester City para a disputa do Mundial de Clubes da Fifa, o técnico Pep Guardiola lamentou a expansão do torneio, que terá uma versão com 32 equipes a partir de 2025, chamada de Copa do Mundo dos Clubes.

– A Fifa tomou uma decisão que todos os clubes apoiam. Vamos viajar para os Estados Unidos (sede da edição inaugural), espero que com nossas famílias, e jogar a Copa do Mundo de Clubes lá. A Fifa decidiu expandir, é o mesmo que acontece com a Copa do Mundo (de seleções). Temos que nos adaptar – comentou o treinador espanhol.

Mesmo tentando não parecer tão crítico à criação da competição, Guardiola deixou claro que não vê com bons olhos a entrada de outro torneio no já apertado calendário do futebol internacional.

– Não sou contra novas competições, sou contra o pouco tempo para recuperação (dos jogadores), ano após ano. É disso que eu reclamo todo o tempo. É legal ter jogo a cada três, cinco, sete dias, mas quando acaba a temporada, precisamos de tempo para começar de novo – disse ele na coletiva desta segunda-feira.

Atual campeão europeu, o City enfrenta nesta terça-feira o Urawa Red Diamonds, pela semifinal do Mundial de Clubes, às 15h (horário de Brasília). O time inglês foi o último a chegar à Arábia Saudita para a competição. O elenco viajou após o empate de sábado em 2 a 2 com o Crystal Palace, pelo Campeonato Inglês.

– O Urawa já está aqui há mais tempo, eles estão mais descansados, mas é assim que é – comentou o espanhol.

Guardiola, porém, garante que o City está focado na competição, em busca do título inédito para o clube inglês.

– É a primeira vez do Manchester City aqui (no Mundial). Nós consideramos um privilégio e uma honra estar aqui. Sabemos como é duro chegar nesta competição, já estive aqui antes. É difícil vencer e os jogadores sabem disso. É por isso que queremos jogar bem amanhã (terça) – afirmou Guardiola, que venceu o Mundial de Clubes duas vezes dirigindo o Barcelona, em 2009 e 2011.

Em 2023, o City conquistou pela primeira vez a Champions League, garantindo o direito de jogar o Mundial. Campeão também do Campeonato Inglês, Copa da Inglaterra, Supercopa da Inglaterra e Supercopa da Uefa este ano, Guardiola espera fechar 2023 com mais um troféu.

– Queremos fechar este pequeno círculo com todos os troféus possíveis. Este é o último – comentou.

Fotos: Amr Abdallah Dalsh/Reuters
Fonte: GE
0%