Corinthians diz que vai usar dinheiro de vendas e patrocínio para quitar direitos de imagem

Placar 88

agenciacorinthians-foto-207843-1-
Diretoria de Duilio Monteiro Alves alega que novo presidente recusou patrocínio de R$ 75 milhões

O Corinthians emitiu nota oficial na tarde desta sexta-feira na qual promete quitar em breve luvas e direitos de imagem atrasados com atletas do elenco. Segundo o comunicado, o clube trabalha para resolver as pendências até o fim do dia.

A manifestação do Corinthians ocorre um dia depois de o ge revelar que o meia Matías Rojas notificou o clube sobre pagamentos atrasados e que ele cogita ir à Fifa romper o contrato.

Na nota oficial, a atual diretoria alvinegra, comandada pelo presidente Duilio Monteiro Alves, afirma que “deixará entrada imediata de recursos efetivos para a nova diretoria que assumirá em janeiro na ordem de R$ 100 milhões, que contemplam a negociação dos atletas Murilo e Felipe, além de acordos publicitários.” Confira abaixo o comunicado na íntegra.

O texto divulgado pelo Corinthians ainda confirma a informação do ge, de que o próximo presidente alvinegro, Augusto Melo, recusou uma proposta de patrocínio máster feita pela Pixbet no valor de R$ 75 milhões.

Confira abaixo a nota oficial do Corinthians na íntegra:

O Sport Club Corinthians Paulista segue trabalhando para quitar luvas em aberto e direitos de imagem antigos de atletas

A atual diretoria trabalha para receber ainda na data de hoje recursos para quitar as pendências de direito de imagens antigas e luvas.

Caso isso não seja possível, deixará entrada imediata de recursos efetivos para a nova diretoria que assumirá em janeiro na ordem de R$ 100 milhões, que contemplam a negociação dos atletas Murilo e Felipe, além de acordos publicitários.

Adicionalmente a esses recursos, houve o fechamento de proposta para o patrocínio master há cerca de 40 dias, no valor de R$ 75 milhões anuais, que já em janeiro deixaria parcela de R$ 25 milhões no caixa do clube, mas cujo processo de assinatura foi suspenso por solicitação da futura gestão.

Por fim, há ainda a perspectiva de fechamento da venda do atleta Gabriel Moscardo que, caso o futuro presidente conclua a negociação e requisite que seja assinado pela atual gestão, o presidente Duilio não deixará de fazê-lo.

Dessa forma, com esse fluxo de caixa de contratos já fechados, a atual diretoria pretende quitar as pendências ainda este ano, ou inevitavelmente deixar recursos disponíveis no caixa para que a nova gestão possa fazê-lo tão logo assuma em 2024. Esses valores serão recebidos entre a data de hoje e/ou os próximos dias e o planejamento é que sejam usados para liquidação dessas obrigações.

Fotos: Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Fonte: GE
0%